quarta-feira, 7 de outubro de 2009

"Meta"


"Meta"

Eu me sinto como uma criança
Perdida no meio da floresta
É difícil manter a esperança
Sem uma resposta certa

Os sonhos se foram com o vento
Agora o realismo chegou
Esse é o momento
De crescer e encarar a dor

Aos olhos o essencial é invisível
Assim diz o grande poeta
Uma vida incrível
Só é possível diante de uma
realista meta

É só fazer e acontecer
E ao meu lado tenho um doce bônus
Jesus Cristo
A razão pela qual existo

Ele é o motivo
da minha canção
Que eu não tome nenhuma decisão
Sem o seu crivo
Por ele eu vivo
e somente com sua aprovação
Que minha fé esteja firme
Sempre em sua poderosa mão.

(Momentos decisivos,tentando conter a ansiedade)

Nenhum comentário: