domingo, 22 de novembro de 2009

"Anjo"


Tentei musicar essa poesia
Mas não ficou muito bom o arranjo
quem precisa de melodia
quando ao lado se tem um Lindo anjo?

As desilusões já são passado
A maturidade me permite
Olhar com mais realidade
Fazer com que do chão meus pés
não se esquivem
E o coração que estava atormentado
Hoje é solto,leve e livre

E agora que a estrada
dividiu-se em duas partes
De um lado a rota da dúvida,do medo
do desgaste
e de outro lado que beleza
a rota da força de vontade,da certeza
Adivinha qual caminho eu traçarei?
O segundo,e eu sei que não irei a sós
Você irá comigo,anjo amado
e nenhum desafio será maior que nós

Claro que existirão os pesadelos
as provocações,os percalços
Mas isso tudo é tão insignificante
quando você me toca,e afaga os meus cabelos
quando sinto os teus doces abraços
E então não há porquê ter medo
do fantasma do fracasso
Pois a confiança em minha alma se esbalda
O melhor presente,é você,meu anjo da guarda.

Compus agora a tarde,aliás uma Linda tarde!

Nenhum comentário: