domingo, 17 de janeiro de 2010

As fases do amor(By Dra Nancy Van Pelt)


A evolução do amor

Uma pessoa normalmente atravessa cinco fases de amor.Se você deseja aprender a maneira de desenvolver sua capacidade de amar,precisará compreender essas cinco fases.

Fase Infantil


Um bebê recebe amor simplesmente porque nasceu.Ele não pode amar os outros e ninguém espera que ele o faça.A criança pensa unicamente em si mesma.Ela está preocupada apenas em receber o que quer e em satisfazer os seus próprios desejos.Ela não se importa se está ou não incomodando,desde que receba o que quer.Seus pais precisam dormir,mas ela não se preocupa com suas necessidades.Ela os acordará as duas da madrugada só pra tomar uns goles de agua!Um bebê ama apenas a si mesmo.
Henrique parece atolado na fase infantil,porque só pensa em si.Tem idade suficiente pra votar,mas comporta-se frequentemente como uma criança de seis meses de idade,que exige o que quer,e quando quer.

Fase de amor filial

O primeiro amor da criança-além daquele que nutre por si mesma-gira em torno dos pais,particularmente da mãe.Talvez pelo fato de ser a pessoa que passa mais tempo com o bebê e a que faz mais coisas por ele.Logo ela passa a significar mais do que qualquer outra pessoa.Ele quer que a sua mamãe esteja sempre perto dele.Quando o papai está por perto,ele não larga a barra de suas calças.Agora a criança ama a si mesma e aos pais.
Conheci Janice,uma moça que nunca passou da fase do amor filial.Ela quer viver num mundo de sonhos e não quer acordar nunca.Espera que Lauro gaste todo o seu tempo em bajulações,planejando pequenas surpresas,simpatizando com seus problemas e arranjando piqueniques e festinhas nos quais ela seja sempre o centro das atenções.Janice quer outro pai para satisfazer cada capricho seu.

Fase da camaradagem

Alguns anos depois,a criança se aventura para fora de casa e começa a interessar-se por outras crianças de sua própria idade-especialmente as do mesmo sexo.Agora ela adora as normas de seus colegas em vez das normas de seus pais.Está se tornando sociável e está aprendendo a lidar com seus iguais.Os pais assumem uma posição secundária em seus pensamentos,quando ela começa a independer-se do lar.
Leandro está na fase da camaradagem.Ele só sai com rapazes.Tem pouco o que fazer com as garotas.Apesar de pertencer a vários clubes,não tem confiança em si mesmo e em suas habilidades quando se vê afastado de seus amigos.A não ser que Leandro passe desse nível,ele poderá sempre temer as mulheres,até mesmo sua esposa.Poderá jamais querer levá-la a algum lugar,preferindo ficar em casa fazendo-a servir seus amigos homens.Poderá liberar suas energias através de clubes,igreja,trabalho e coisas assim-num ritmo de três ou quatro noites por semana!

Fase adolescente

Durante a adolescência,o horizonte se expande mais uma vez.Agora o indivíduo passa a interessar-se pelo sexo oposto.Neste nível,as moças acham que os rapazes merecem uma atenção especial,e vice-versa.Entretanto,a tendência ainda é de considerar o amor de modo muito parecido com o amor de um bebê-em termos do que os outros podem fazer por mim,ao invés do que eu posso fazer pelos outros.
Jorge está tão alucinado com sexo hoje,como nos tempos de estudante.Ele parou no nível de adolescente.Durante os anos de faculdade,seu quarto era todo decorado com pôsteres de garotas sensuais,e ele sempre estava correndo atrás das moças.Agora que Jorge é casado,critica constantemente sua esposa porque ela não se veste,não se pinta ou não arruma o cabelo como alguma outra mulher.Tenta,constantemente,esconder seus sentimentos de insegurança,com piadinhas as custas da esposa e insinuações de que o casamento é como uma escravatura.Quando saem juntos,assume um papel ridículo dando atenção demais as outras mulheres.Quando voltam pra casa,discutem amargamente.Sua defesa é:"Bem,eu não passo de um ser humano!"Sim,num nível de adolescente!
O nível da adolescência é um período de tentativa e erro,quando a atenção é focalizada em uma pessoa por períodos cada vez mais longos de tempo.A princípio,um rapaz é tão interessante para Evelyn quanto outro.Ela sai cada vez com um rapaz diferente.Mais tarde,no começo do ensino médio,ela namora Roberto durante todo o semestre,antes de partir pra outro.Então começa a namorar Teodoro e esse namoro dura um ano inteiro.No terceiro ano,ela acaba noivando com Estevão,mas depois da formatura acabam rompendo.Aos poucos,Evelyn aprende a conhecer os homens e a se posicionar em relação ao sexo oposto.Por fim,seu interesse se torna especializado e ela se casa com Benjamin.Finalmente,seus sentimentos de amor se amadureceram.
Assim,o amor começa com a idéia do que você pode conseguir,e não do que pode dar em um relacionamento.E não tendo nada para dar,o relacionamento não poderá durar muito tempo.É provável que você aprenda(se é que não já aprendeu)que seu namorado espera muito de você.Espera que se sacrifique,que satisfaça as suas necessidades,e que cumpra seus caprichos.Finalmente você percebe que seu namorado não quer gastar a tarde inteira elogiando você,cochichando doces insignificâncias em seu ouvido,apoiando suas sugestões ou concordando com seus pontos de vista.Percebe que seu namorado quer apreciação e reconhecimento,tanto quanto você.
Pouco a pouco,depois de várias experiências que começam com uma aparência de amor,mas falham em crescer e se tornar algo de maior significado,você começa a compreender que o amor consiste em algo mais do que os sentimentos envolvidos no romance durante as primeiras fases do namoro.

Fase do amor amadurecido


Quando você alcança esse nível,a atração física vai perdendo cada vez mais o significado,e os fatores emocional e psicológico tornam-se mais importantes.Deixa de pensar no que pode receber do relacionamento e passa a pensar no que pode dar para que ele cresça.Você deixa de pensar em si mesma para pensar em seu(sua) parceiro(a).Se alguém o ama verdadeiramente,pensará em seus melhores interesses de forma altruísta.Portanto,enquanto você está dando,está também recebendo.Leva algum tempo até que atravessemos todas essas fases.A maioria de nós se casa tendo no coração um pouco do amor infantil.Na verdade,poucos são os que amadurecem em todos os aspectos.Algumas pessoas porém,estão tão presas em seu desenvolvimento emocional que seria quase impossível relacionarem-se com outros de maneira adulta.
Com uma cuidadosa observação,você deveria ser capaz de indentificar seu relacionamento atual e poder dizer em que fase ele se encontra.Você consegue responder a si mesmo essa pergunta?Ou agirá como muitos jovens que eu conheço,que fecham deliberadamente seus olhos diante os sinais de perigo,pra só descobrir a cruel realidade que se expuseram anos depois,vendo os frutos de um casamento desastroso?

(O Namoro Completo,Págs 121-126,Casa publicadora Brasileira)

Nenhum comentário: