quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Cheia de Defeitos(By Revista Andros)


Ele vive dizendo que você é fria, que é uma grossa, que nunca fez nada por ele, que você não passa de uma egoísta, e mesmo assim, apesar de tantas queixas ele não te deixa.
Então, minha filha, se o seu "mozinho querido" entrou numas de te malhar, fazendo de tudo para que acredite que você é o "cão chupando manga", porque ele ainda fica ao seu lado?
Sim, você procura descobrir algum motivo para tanto rancor, mas, apesar de fazer uma auto-análise sobre suas atitudes, nunca conseguiu encontrar nada demais, nenhum motivo para ele te pintar como um diabo.

Tudo bem, uma vez ou outra você deu uma resposta atravessada, deixou de retribuir um beijo depois que ele te deixou magoada com suas acusações, mas dizer que é grossa e fria já é demais da conta.E o tempo todo é assim: ele faz chantagens emocionais e arruma motivos para brigar. E quando você não faz absolutamente nada, enfim, não tem nenhuma "culpa no cartório", ele dá um jeito de desenterrar um defunto de mil novecentos e bolinha, como uma briga beeeeeem antiga que tiveram, por algum motivo que você nem lembrava mais.

"Você brigou comigo em 1986, eram 22:00 hs., estava chovendo, a temperatura era 18 graus, e a gente estava na altura do número 500 da Rua da Consolação..."

É, minha filha, todo sujeito recalcado tem uma memória fantástica para os "traumas" que viveu.

Arre!! Não fica jogando papo fora com esse "viadinho sensível". Chega nele e diz logo: "Cara, eu nem me lembrava que tinha mandado você se fuder em 1986. Mas deve ter sido por uma boa causa, porque você é um chatoooooooo!"Então, será que você esta ficando cega? Sei lá, vai que você está perdendo as faculdades mentais - já que ele também vive te chamando de louca, maluca e esquentada. E não tem jeito, porque você se tranca no seu quarto e fica passando a limpo todas as situações dos últimos dias, relembrando cada diálogo, cada detalhe, e chega seguinte conclusão: “Mas o que foi que eu fiz de errado, caralho!!??”

Que inferno! Por que ele vive me acusando e se faz de vítima o tempo todo!? Eu não sou fria, não sou grossa, não o desprezo, nunca pensei em colocar um chifre nesse babaca ( se bem que este merece!), então eu não tenho que aturar estes tipos de coisas!!!Viva!!! Você está começando a se revoltar!!
Olha, quando o homem sente que está perdendo as rédeas da situação, ou acha que corre o risco de perder a mulher, ele pode investir pesado no papel de coitadinho. Por isso que certas crises de frescuras costumam acontecer quando a garota vai para a Universidade ou começa a trabalhar. É só reparar como alguns homens mudam, ficam mais delicados, irritados e sempre na defensiva.
E muitas vezes, por causa deste maldito sentimento de culpa que parece nascer com toda mulher, mesmo não tendo feito absolutamente nada de errado, vocês se punem. Então é aquela loucura de tentar fazer as coisas "certas", que nada mais é do que fazer as coisas do jeito dele.É mais ou menos como aquela piadinha besta: “Não sei porquê estou batendo, mas ela sabe por que esta apanhando”
Sim, você não sabe porque ele está nervoso, mas deve ser por um motivo bem sério. E este motivo deve ter sido algo que VOCÊ fez. E não importa que nem tenha abrido a boca, porque se ele esta chateado é porque VOCÊ não foi boa o bastante.
Por isso que ele não some de sua vida, minha cara. A intenção dele sempre foi fazer com que você se sentisse péssima, uma porcaria de namorada, tudo porque ele não passa de um cara que tem a auto-estima no subsolo do inferno!! E como ele morre de medo de perdê-la, mas não tem nenhuma capacidade de cativá-la com suas qualidades (quem tem baixa-estima nem sabe o significado desta palavra), ele prefere torturá-la com a culpa e o medo.
Olha, mesmo que você tivesse feito algo de errado, se esse traste fosse um homem de verdade, criado com mamadeira de fubá, jamais daria uma de sensível.
Por isso, NUNCA aceite qualquer culpa que não seja sua, minha filha. E até mesmo o que fizer de errado, nem mesmo isso deve servir para se condenar. Oras, fez, está feito! E se pediu desculpas e se ele não aceita: Foda-se!Agora, para acabar de vez com este tipo de palhaçada, quando ele começar com um de seus ataques de moleque, faça a seguinte pergunta:

Se eu sou tão ruim, por que você ainda está comigo?

Vixe!! Por mais que diga e capriche no velho discurso, ele não encontrará uma resposta convincente. Então, imagine um fundo musical bem dramático - de preferência a Celine Dion se esgoelando - porque ele vai falar:

"Eu não queria te amar assim (repare que ele faz o papel da vítima sem opção)... Mas eu não posso lutar contra isso (novamente ele se faz de impotente)... Mas eu te amo como nunca amei ninguém ( agora ele está tentando fazer com que se julgue merecedora por ser a mulher que ele mais amou na vida)... Desculpe por gostar tanto de você...Desculpe por não conseguir viver sem você ( Ops! agora entrou na fase de jogar merda no ventilador, porque um homem se desculpar por amar é 100% chantagem emocional)

Então, sem se deixar abalar por esta demonstração barata de pura chantagem emocional, você responde:

"Se você me ama e quer que eu AINDA continue te amando, pare de me torrar o saco senão vai levar um pé na bunda!!!"

Você não tem que fazer o que ele espera, mas o contrário. E o contrário é mostrar que ele não vai fazê-la se sentir culpada NUNCA MAIS!Só que não basta ficar apenas nas ameaças, não!

"Zera logo o marcador" se ele continuar insistindo, porque o que menos precisa é de um vampiro te sugando as energias!!!

P.S.(Ah se eu soubesse disso antes...)

Nenhum comentário: