domingo, 10 de janeiro de 2010

A maturidade chegou?By Dra Nancy Van Pelt



Um dos meus livros de cabeceira...ah se eu tivesse lido antes dos 19 anos!!!

"A bíblia diz:"Quando eu era menino,falava como menino,pensava como menino;Quando cheguei a ser homem,desisti das coisas de menino."Assim como quando você entrou na adolescência e deixou de lado alguns brinquedos que representavam sua infância,da mesma forma,ao entrar na idade adulta,deixará de lado a irresponsabilidade infantil.
O processo de crescimento da infância para a idade adulta é chamado de "amadurecimento".Isso envolve uma série de passos que levam o indivíduo da total dependência dos pais á habilidade de autogovernar-se.É possível que encontre certa dificuldade em descobrir onde você se acha nesse processo,porque a criança,dentro de você,olha de seu próprio ângulo pro espelho!Apenas depois de ter crescido o suficiente de maneira a poder ver a si mesmo de um ponto de vista superior,poderá encarar seu próprio comportamento e então ver a si mesmo como os outros o vêem.
Se você estiver suficientemente amadurecido para o casamento,reconhecerá o matrimônio pelo que ele é,e não como uma fuga fácil da realidade ou de problemas pessoais,sim novos problemas e maiores responsabilidades(apesar da grande realização e felicidade existentes).Você compreenderá que o casamento oferece as maiores recompensas quando o relacionamento é um encontro mútuo das necessidades da personalidade.
Maturidade para vida inclui a compreensão da natureza do amor e de como o amor se desenvolve vagarosamente á medida que você passa da adolescência para os primeiros anos da idade adulta.Você será capaz de reconhecer os vários níveis e tipos de amor que já experimentou até o presente.Cada uma das experiências anteriores,com o amor,deveria ter-lhe ensinado alguma coisa de valor para o futuro.É possível que agora você perceba que amou várias pessoas com as quais não poderia viver;perceba que o amor precisa de apoio dos interesses e alvos comuns,da aceitação um do outro e do respeito mútuo.Você deveria ser capaz de distinguir entre o amor romântico(paixão)como é apresentado nos filmes e ficções e o tipo de amor que provê duradoura felicidade no matrimônio.
Se você for uma pessoa amadurecida,terá desenvolvido uma filosofia que o guiará ao futuro.Terá chegado a um acordo com seus conceitos religiosos,valores e alvos,e viverá conforme o que acredita ser certo e bom.Verá que seu relacionamento com Deus está em progresso,permitindo-lhe enfrentar os problemas que surgem em sua vida.O curso exato de seu futuro poderá não ser definidamente traçado,mas seu rumo será fixado.
Terá feito uma avaliação minuciosa de si mesmo e estará ciente de seus pontos fortes e fracos.Estará lutando tanto quanto possível contra suas fraquezas.Os pontos fracos que lhe parecem impossíveis de mudar serão aceitos sem excesso de culpa ou tristeza.Você construirá sobre seus pontos fortes e aproveitará ao máximo o material disponível.Reconhecerá aquelas áreas onde tem falhado,procurando compensá-las,fazendo bem feitas outras coisas que lhe vierem ás mãos.Será capaz de aceitar suas limitações e apreciar suas qualidades.
Você terá analisado profunda e longamente sua herança familiar,a contribuição que ela lhe tem prestado m fazer de você o que e quem você é,e o que de sua herança,levará para o matrimônio.Pesquisas demonstram que o clima emocional do lar paterno influi grandemente no sucesso do casamento.Se a infelicidade marejou seu passado imediato ou se repetidos fracassos matrimoniais atormentaram gerações passadas,você irá encarar isso com realismo e começar a planejar meios construtivos de superar tais obstáculos para sua felicidade futura.Não culpará seus pais por suas falhas,e se vier de um lar feliz,não terá como garantida a sua felicidade futura.Em vez disso,trabalhará duro para entender os componentes daquilo que faz da vida familiar um sucesso.
Se for amadurecido,você terá aprendido a encarar os problemas de maneira construtiva.As frustrações da vida não o lançarão num estado de confusão,desânimo ou desorganização.Aprenderá de experiências passadas e as usará como meio de crescimento para ajudá-lo a enfrentar emergências e crises.Sua habilidade em lidar com tais situações afetará sobremodo sua habilidade para construir um matrimônio bem sucedido.
Se você for maduro o suficiente,terá aprendido o significado das relações interpessoais,Reconhecerá que as motivações íntimas inspiram seu próprio comportamento e o dos outros.Será capaz de ver que o comportamento agressivo e dominador encobre frequentemente a insegurança e que o alcolismo,assim como uso de drogas,sexo e dependências aferradas são,normalmente,métodos usados para fugir dos problemas da vida.Você reconhecerá o ciúme como uma expressão de insegurança e inadaptação.Saberá que o criticismo é uma tentativa de arrasar outros e valorizar o ego.Compreender o que influencia um comportamento irá ajudá-lo na escolha do parceiro matrimonial e em todos os relacionamentos interpessoais.Você terá alcançado o grau de pensamento independente.Poderá pensar por si mesmo.Superou o estágio imaturo de rebelião durante o qual jogava para longe tudo que lhe ensinavam.Formulou suas próprias idéias,baseadas em suas próprias experiências e atitudes,de modo que agora é capaz de tomar decisões independentes.É capaz de assumir responsabilidade por seus próprios atos.Superou a fase de culpar os outros pelas suas fraquezas,recusando-se a aceitar suas próprias faltas.Quando você comete um erro,aceita-o e tenta aprender da experiência.
Será capaz de colocar as necessidades e desejos do seu parceiro antes das suas e combater o egoísmo... que aliás é motivo de muita agonia matrimonial nos tempos modernos!"

(O namoro completo,págs 248-253,Casa Publicadora Brasileira)

Nenhum comentário: