domingo, 21 de fevereiro de 2010

Paciência,um santo remédio

Será que no mundo de hoje é possível alguém manter a "santa paciência" em todos os momentos da vida,sen explodir,nem uma única vez?Acredito que isso seja possível,mas que é difícil é.Ouvindo alguns amigos a respeito do que é capaz de tirar-lhes a paciência,eles me deram motivos como:Engarrafamentos no trânsito,principalmente quando têm compromissos com hora marcada;mal abrir o sinal e o carro de trás buzinar para que andem logo;assistir o cinismo dos corruptos;repetir alguma coisa pra alguém que finge não ouvir...
Bem,mas adianta perder o controle?Vai resolver?O que se ganha sendo impaciente?Perder a paciência,em qualquer circunstância da vida,é a maneira mais fácil de perder a tranquilidade,a paz interior,a saúde física e a espiritual.Neste sentido,lembro a afirmativa de Chico Xavier de que a neurose tem origem na impaciência.Diz ele também que "um trauma emocional se comunica ao corpo todo.Talvez cerca de 60% a 80% de nossas doenças são adquiridas através de choques,da intolerância,das ofensas e da falta de perdão."
Tenha certeza que a paciência é o santo remédio de nossas vidas pra vencermos todas as dificuldades físicas e morais.Foi exatamente o que Jesus exemplificou durante toda a sua vida aqui na terra;afinal,ele é o modelo e guia oferecido por Deus a humanidade.Nessa condição,o mestre nos ensinou que é "na paciência que ganhareis as vossas almas."(Lucas 21:19).Isso quer dizer que a criatura que perde a paciência,perde a calma,e é incapaz de manter o controle emocional,acaba perdendo sua alma nos labirintos da perturbação.
E caso você precise vencer a impaciência,ore assim:

"Pai de amor e bondade:dá-me forças para suportar com paciência as provas que eu passo.Ilumina minha alma para compreender o próximo que tudo faz pra me irritar;ajuda-me sempre Senhor,a ficar calado na hora de qualquer conflito;ampara-me,a fim de não tomar nenhuma decisão precipitada na vida e vir a me arrepender depois;e que eu tenha,Senhor,muita paciência para perserverar na edificação do bem,mantendo a calma em todos os momentos da vida.Assim seja!"

(Coluna de Gerson Simões Monteiro no Jornal Extra)

Nenhum comentário: