sexta-feira, 10 de junho de 2011

Dia dos Namorados


E as comemorações estão apenas começando...

"365 dias"

Espalha a brisa pela janela
E a cortina avisa a atuação dela
Qual teu amor traz alegria em meu ser
o meu sorrisinho faceiro
acusa:Sou tua musa...


O solo tão árido que era
agora não é mais
A Caatinga deu lugar á serra
Enfim um lugar de paz
Toda dor em meu peito encerra
Já era de imaginar
Pra sempre vou te amar!


Palavras ficam tão pequenas
Pra descrever esse momento
em que as cenas
vão rolando
a magia acontecendo
Um beijo sela a fábula
Se tivesse uma tábua
meu doce Moisés
escreveria os dez mandamentos do amor?

Não seria preciso
Pois o meu juízo
Faz ter medo de perder
aquilo que tanto me custou
Então,sem mais temer
vou semear esse amor

Plantinha pequena,muda
Muda a minha vida,
vem me invade
sou toda tua
Daqui até a eternidade
Me embrulha
que eu quero ser entregue
na sua rua...

Nenhum comentário: