quarta-feira, 6 de julho de 2011

"Felicidade"


Não é a toa que meu riso agora é mais sincero
Pois a vida tá como eu quero
Achei um tesouro,um bem melhor que o ouro
E talvez a recompensa
Por cada vil agouro...

Se me perguntassem
Porque sou tão feliz
Diria que até
se os passarinhos
se calassem
Eu brotaria
flor de liz

Se me dissessem
Que a lua e o sol
Não nasceriam mais
Pra mim tanto faz
Canto em dó menor
Até se os ouvintes
se esquecem de aplaudir
Pois pra mim
só o meu amor vai existir!

Nenhum comentário: