segunda-feira, 15 de agosto de 2011

"Ah!Quem me dera..."


Essa é antiguinha,compus em maio de 2008,duas semanas antes de criar o blog.


Ah quem me dera tudo isso
se eu tivesse apenas um dia contigo
então verias o sorriso
escrachado,escancarado,extasiado
e o peito aberto,pronto pra receber
o abraço terno,que eu daria em você...

Ah quem me dera essa saudade
Não matar de angústia minha alma
Dilacerada,atribulada,acorrentada
Que não encontra calma
nessa adversidade
Essa é a pena que cumpro
Por te amar de verdade!

Ah quem me dera esse instante
Nunca seria o bastante pra me saciar
Instante curto,diminuto,absurdo
Queria me fazer de surdo
Só pra não ouvir o medo
Te conto um segredo:
Sou tua!

Ah quem me dera o tesão
Nunca existisse em minhas veias
tesão contido,iludido,pervertido
nada como as baleias
num oceano perdido
na velocidade da luz
Estar de ti tão perto,e ao mesmo tempo longe,
é pra mim uma penosa cruz.


Lembrando que minhas poesias não seguem formatação,padrão,nem nada convencional...

Nenhum comentário: