terça-feira, 8 de novembro de 2011

"Empecilho Namoril"





Não sou química
nem tão pouco artista
não farei mímica
e nem enrolarei com pistas

Existe uma fórmula
para se constatar
se existe
de alguma forma
o que duvidar:
O "empecilho namoril"

De onde essa idéia surgiu
foi de minha mente brilhante
após 5 experiências
em meu laboratório
descobri coisas interessantes
A primeira,é que o ilusório
Não pode estar nessa fusão.
Pois o amor não nos ilude
ele apenas se funde
quando existe evolução.

A segunda é que
pra dar a massa liga
é preciso igualdade
Não existe divisão
com sua "cara metade"
e aliás,será que assim
posso livremente falar?
"Cara-metade" era Pagode...
Desse modo
se completa não sou
então completar-me ninguém pode

E a terceira descoberta
a mais temível
é que nenhuma eternidade
é tão certa
nenhum amor
tão indestrutível
por isso não culpe a química
se afundar o seu romance
lembre-se das fórmulas
que os outros odeiam
observe os lances
dos casais que te rodeiam
e por favor não se espante
se checar que alguns
de amor não possuem nada
e que era melhor a revoada
do que pousar em canto algum
e viver voando na estrada
rumo ao abismo
assim,no maior ostracismo...

Nenhum comentário: