sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

"Dream off"





Sofro atormentada e frustrada pelos meus sonhos que deram errado.Os que eu sonhei acordada em claro,no travesseiro.

E flutuo em devaneios e me anestesio da realidade nos sonhos que deram certo.Os que eu sonhei dormindo na cama,em claro.

Se paro o sonho em devaneio,
começo a amar mais meu reio
e assim andar com os pés no chão

Se sumo do caos verdadeiro
aí me vem o receio
de jogar em cacos meu coração

E isso tudo,quem diria,sem sossego!
Chegando a 1/4 de século
Ano que vem,assim espero
Ter mudado um pouco mais
Caso contrário essa dor me persegue
E continuo como um jegue
sofrendo a dor da rejeição
Mas maior que a dor da imaturidade
essa eu garanto:
Não existe não...

Nenhum comentário: