domingo, 2 de dezembro de 2012

Por puro despeito(By Revista Andros)

Por puro despeito Não me interessa a atenção de quem não desejo como amigo, pois meus amigos são minha escolha, jamais o contrário. Muitas vezes acontece de alguém, que mal sabe o seu nome, de repente, sem nenhum tipo de explicação, passar a odia-la. É aquela colega de trabalho que te recebe com frieza no seu primeiro dia de trabalho, como se quisesse deixar bem claro que não é bem-vinda. E que coisa, né? Logo você, que sempre foi super educada, que sempre respeitou e tratou todos com cortesia, de uma hora pra outra descobre que ela não foi com sua cara porque te achou muito arrogante. Com certeza você acabou de conhecer uma pessoa despeitada. E pode apostar, esta antipatia é porque ela se sentiu ameaçada por suas qualidades. Sim, ela foi a primeira que notou o quanto você é poderosa, do mesmo jeito que as meninas te odiavam porque achavam que iria roubar todos os meninos do Jardim de Infância. Todo despeitado gosta de tentar diminuir as pessoas apelando para pequenos detalhes. Por isso, em meio a uma reunião de negócios, onde seus chefes a elogiam, ela pode dizer ( com as melhores intenções, claro) que você até pode ser uma grande negociadora ao fechar um belo contrato de milhões, mas que lhe falta o domínio da lingua vietnamita. E não importa que a empresa sequer saiba onde fica o Vietnam, ela jamais poderia deixar de dar uma agulhada. E quando as outras colegas de trabalho notarem o quanto você é linda e elegante, ela retrucará que seus lábios são grossos demais, os seios muito bicudos, que tem cara de galinha, e por aí vai... Todo despeitado procura aliados entre os mais fracos, pois sabe o quanto são fáceis de manipular. É o que chamamos de bombardear os outros com informações negativas, que , por mais irrelevantes que sejam, sempre pesam mais na mente de pessoas influenciáveis. Não entendeu nada? Então eu explico: gente imatura, as famigeradas macaquinhas, costumam levar em conta as infomações pela QUANTIDADE, não pela qualidade. Você que tem uma vasta experiência, fala fluentemente cinco línguas, e ainda por cima tem um QI comparável ao de um gênio? É pouco se comparado ao fato de ter os dedos dos pés cabeludos (que ela jura que viu). E você não gosta beber cerveja com as amigas fofoqueiras depois do expediente!! Ah, e nem acredita em vidas após a morte, não fuma e ainda usa vestidos que deixam sua bunda perfeita em evidência (que ela afirma que só pode ser para para provocar as mulheres de bunda murcha do escritório). E você não curte horóscopos!! E também adora carne vermelha!! Ufa! Com tantos "defeitos" não é de estranhar que as macaquinhas que antes sorriam e te cumprimentavam, agora se afastam: Cai fora, esquisita!! . Muitos confundem este tipo de atitude com antipatia gratuita, só que de gratuita ela não tem nada, pois se fundamenta principalmente na inveja. Sim ela queria ser você!! Ela queria ser tão linda e fodona como você! E pode apostar que mataria para ter 1% da sua simpatia. Mas como não tem capacidade, tenta destrui-la - ou pelo menos, coloca-la no mesmo nível de sua mediocridade. Brigar, fazer cara feia ou usar das mesmas armas para desacreditá-la com os colegas, tudo isso é perda de tempo. A principal intenção do despeitado -muito mais do que mostrar que você não é melhor do que ele - é se fazer notar, ser o centro das atenções de quem ataca. Sim, ela precisa que chegue aos seus ouvidos que ela te acha uma esnobe e que só está subindo na empresa porque deve estar dando para o chefe! Só que são pessoas covardes, que sabem como ninguém se fingir de mortas. Sabe, muitas vezes elas tem uma capacidade incrível para inverter situações, deixando de ser a víbora para virar a pobrezinha, a vítima de sua ira, que nem tem idéia do que você está falando! Por isso, deixe que ela fale. Não perca seu tempo lutando contra quem não tem nem um pingo de suas capacidades, porque em pouco tempo quem vai estar gozando dos louros do sucesso será você, enquanto que ela estará na mesma função, muito mais por causa do sentimento de pena do superiores, que não querem mandá-la embora. Se todos te acham uma metida de nariz empinado, danem-se! Lembra do inicio da matéria, sobre escolher os amigos? Então escolha entre os justos, os que não são fracos de caráter,e, principalmente os que têm poder de decisão. E não se trata de puxar o saco, mas de conseguir por merecimento, com seus esforços, porque todo chefe sabe que é fundamental para os negócios recompensar todo aquele em que pode contar e confiar. Na vida como na guerra são os aliados e não a força dos inimigos que faz a diferença. Então, ao vê-la cercada pelo o que realmente existe de bom na empresa, gente como você, que não perde tempo falando mal da vida alheia, que cresceram e estão crescendo por seus esforços e qualidades, estas mesmas macaquinhas que viviam sob a influência desta colega de trabalho que te odeia, tentarão mudar de lado. No dia que perceberem que apesar de tudo você continua linda, sorridente, cagando e andando para o que pensam, feliz da vida por estar cada dia mais próspera, enquanto que elas parecem mais um bando de náufragos se acotovelando em uma barca furada, perceberão que chegou a hora de baixarem o facho, porque logo será você quem decidirá quem deve ou não ir para o olho da rua! E quando isso acontecer, passa a régua, porque falar que seus dedinhos são tão peludos que parecem aranhas caranguejeiras é motivo pra justa causa!!!

Nenhum comentário: