terça-feira, 29 de dezembro de 2015

"Cheers"




Vamos brindar,
as ilusões de outrora,
e as lições que agora,
Ficam eternizadas na canção

Vamos sorrir,
aos revezes do passado,
e aos temores que ficaram,
enterrados pelo chão...

Vamos viver,
os vãos momentos de Vinicius,
e as chamas de Camões.
Porque não há maior martírio,
que anularmos as paixões.

Vamos amar,
os espinhos da rosa,
as lágrimas salgadas,
sem menção honrosa,
no calor da madrugada.

Nenhum comentário: